quarta-feira, 29 de abril de 2009

Meu curso de Flores em EVA Parte 2

Segundo dia do curso recebemos os moldes das folhas e pétalas das respectivas flores que serão ensinada no curso para tingí-las. Todas folhas e pétalas estavam cortadas em EVA branco e tingimos com anilina solúvel em álcool (Anilina Gaúcha) que segundo o prof essa é a melhor. Ele dissolveu uma colher de sopa de anilina num pote de margarina de 250 grs com álcool. Fez as seguintes cores, vermelho, amarelo, violeta, laranja e verde para as folhas. Para cada flor ele tinge logo todas as pétalas e folhas para não dar diferença de tonalidade. Ele mergulha o EVA branco na cor que vc escolheu usando uma luva para proteger os dedos , nas cores mais escuras mergulha direto na cor, quem prefere cores mais claras com nuance ele mergulha primeiro no álcool puro e depois na cor . Quem preferiu nuance só nas pontas ele mergulhou as petálas no álcool e depois só as beiradinhas de leve na cor desejada. As folhas também passam pelo mesmo processo sendo que em algumas folhas ele mergulha no tom verde e nas beiradas no laranja para dar um tom de sépia tipo aquelas folhas de outono. Deixou secar de um para o outro. Na verdade o prof havia dito que no penúltimo dia do curso ele daria uma apostila com todos os detalhes que não seria necessário perder tempo com fotos nem anotações confiei e nem tudo fotografei só que pasme vejam a apostila que recebemos beeeeeeeeem esclarecedora vocês não acham? Infelizmente a finalidade do curso é a venda de formas até entendo pois sem as formas é impossivel fazer as flores mas a apostila poderia ser melhorzinha rs


A papoula indiana vermelha foi mergulhada na tinta pura, note a tonalidade. Na folha da papoula baiana ele mergulou primeiro no álcool depois no verde ai dá esse toque na borda mas lembrem-se que cada tingida dará um tom pois nesse tipo de arte é impossivel fazer exatamente igual caso queira fazer um arranjo depois então por isso você deverá tigir a quantidade necessária para seu arranjo de uma vezJá essa segunda Papoula indiana mergulhou primeiro no álcool e so as bordas na anilina vermelha deu pra entender?

7 comentários:

SONIA disse...

EMEZINHA, TODOS OS DIAS VISITO SEU BLOG, E CADA DIA APRENDO MAIS COM ELE...........MEUS PARABENS AMIGA.

Ethel disse...

eme parabens pelo seus trabalhos e pelas dicas com certeza visitarei mt outras vezes bjs e Deus t abençoe e guie todos os dias d sua vida

Ethel disse...

Eme amei suas dicas cm certeza voltarei a visitar sua pagina obrigada pelas dicas Deus abençoe e guie todos os dias d tua vida bjs

Silvane Frota disse...

Também fiz um curso desses, realmente a finalidade era a venda ads formas, q por sinal são tão caras...mas o instrutor n ensinou bem não.... deixou muito a desejar.

Ateliê Magali Portella disse...

OLÁ,
ADOREI SUAS FLORES, SÓ QUE NÃO CONSIGO LER O QUE ESTÁ ESCRITO NA APOSTILA, VC. PODERIA ENVIAR PARA MEU E-MAIL.
MUITO OBRIGADA,
MAGALI PORTELLA

Anezia Aurora disse...

Adorei o seu blog. Hj terminei um curso igual a esse ki vc fez gostei muito vo sempre estar vendo vc quero aprender mais com vc.

Serenidade disse...

Também fiz o curso, mas a professora super estressada, chamando a atenção das alunas na frente de todas!
Eu fiquei doente no dia que iam tingir as flores, liguei avisando e ela nem me deu explicação no outro dia de como eu poderia tingir! Pedi durante todo o curso mas só levei fora!!! As alunas foram quem me explicaram e agora estou aqui pesquisando. A apostila muito cara, mas comprei. As peças também e o objetivo é mesmo vender as peças! Quando chegávamos no curso ela já perguntava: Quem trouxe cartão???rsrs...horrível isso! Aprendi muito aqui com você, pois nunca fiz flores em minha vida e tive uma decepção muito grande no curso com a forma e grosseria da professora! Obrigada pela explicação!! deus a abençoe!