domingo, 15 de maio de 2011

Ando triste, preocupada e desmotivada.































Trabalho numa escola de ensino médio onde observo as crianças tanto as meninas quanto os meninos agressivos, sem respeito aos professores , funcionários e a eles próprios. Estive pensando que prescisamos resgatar coisas boas de nossas infâncias e trazer para que eles possam conhecer e praticar, acho que talvez fosse um começo pois noto que as crianças não brincam mais de roda de pique... É só correria gritaria , discussões e agressões. Quem tiver idéias me ajude pois pretendo tentar pelo menos colocar em prática


Sinto o professor de Ed. Física de minha escola desmotivado ou talvez sem idéias, as aulas dele são muito chatas mesmo é só futebol sem muitas regras , handebool se é que pode se chamar assim. E o pior é que a maioria optar por não fazer a aula e fica por isso mesmo. Resultado um bando de crianças peranbulando pela escola.

Encontrei algumas atividades e vou levar para ver se eles aceitam . Mas conto com a colaboração de vocês.





Amigos quem souber de algo motivador que faça a diferença por favor compartilhe pois nossas crianças prescisam, senão a vida lá fora oferece ilusões que há príncipio estimulam muito mais ...

11 comentários:

Káthia Marchand disse...

Minha linda poderosa Eme!

Infelizmente, os profissionais do ensino estão assim por vários motivos, e o financeiro é o amior deles.

Eu tenho lá no blog madame Káthia, uma blogueira chamada Silvana, que ela é pedagoga e o blog dela é puro incentivo.

Esqueci agora o nome do blog.
Peraí que eu vou pesquisar e já volto aqui para te passar esta dica.
Já venho!

Káthia Marchand disse...

Olha só ... um dos endereços é esse aqui.

http://letrinhasecompanhia.blogspot.com/

Navegando no blog dela, vc vai chegar a outras... entende?


Espero ter ajudado Eme, te adoro nêga!!!! beijos

Adriana disse...

Olá Eme, tudo bom?
Pois é, hoje está muito complicado mesmo, as vezes nos sentimos impotentes perto das situações que presenciamos com jovens e crianças, tenho uma filha de 15 anos e outra de 4 e fico com muito medo do futuro delas, mas não podemos desistir e perder a esperança, temos que dar o máximo que podemos de nós por eles...
A violência e outras coisas que enchem os olhos de ilusão estão sempre próximos e cada ato, mesmo que simples, feito com amor é muito válido e muito importante...
O que precisar estarei aqui, com idéias ou até uma simples palavra amiga.
Admiro muito você!!!
Por isso coloquei você na minha lista de amigas para presentear com meu primeiro selinho, é simples mas é de coração, passa lá...
http://artecoloridabydri.blogspot.com/
mil beijos

Lêda disse...

Olá, Eme
Não sou professora, mas escuto muito isso dos professores. Precisamos mudar esta situação e você está de parabéns por buscar um caminho. Deus te abençoe e inspire.

Káthia Marchand disse...

Oie amiga!!!

Será que a minha amiga está mais contente agora?
Meu Deus! espero que sim!

Estou passando aqui para desejar um excelente findi para vc, cheio de energias positivas!
Bom relax! Beijinhos!!!

disse...

Oi amiga boa noite! andei sumida, por ums tempos, estava dodoi com conjuntovite, agora estou de volta, e setindo a sua falta! ta dodoi? beijos!!!!

disse...

Oi amiga,bom dia, anda sumida, espero que estejas bem.As veses a gente fica tristinha com as coisas que acontecem, mas a vida continua, força! beijos no seu coração!!!!!!!

Pedaço de Gente disse...

Amiga, infelizmente esse é o retrato da maioria das escolas brasileiras. Como mãe de duas meninas ainda na primeira infância, prego o respeito e digo que a professora é uma continuação de mim. Eu conto com ela e ela sabe que pode contar comigo. Pena amiga, que as familias estejam tão desestruturadas, e esse laço familia-escola esteja tão fraco. Rezo também pra que os profissionais estudem e se formem por amor a profissão, pois isso faz enorme diferença; faz com que mesmo desmotivados peçam socorro para pessoas que nem conhecem. Boa sorte amiga, beijos, sou fã do seu blog.

Garrafettes-Bonecas de Garrafas by Gorette disse...

Eu não tenho o te dizer, só que uma
certa descrença tomo conta, não só de você, como de todos nós.
Há uma certa desmotivação no ar,parece que tudo o que a gente faz,
não tem valor nem satisfação pessoal. Eu acho que é sinal dos tempos,muita gente p/ poucas oportunidades e a mídia prega que a felicidade não é ser, mas ter.
Enfim, é ísso aí.
De alguém que não te conhece, mas que sente um carinho por você. Só sei que nada sei, disse um filósofo...... Bjss....

Garrafettes-Bonecas de Garrafas by Gorette disse...

Eme, te respondí semana passada, mas como sou tionga(tonta}se fala assim no Goiás, faiô o coments.
A situação é o seguinte: Excesso de ilusão, é o que o governo, de coluio c/ a mídia, estão fazendo c/ a população:passando uma vida falsa de luxo e glamour, as jovens acham que a vida é a malhação, até os adultos.
Não há interesse de se responsabilizar niguém, principalmente o governo,então é de interesse dele uma população ignorante e iludida c/ sexo, bebida, e agora as drogas(porque se entorpecendo não vemos a nossa vida real, sem falta de holofotes.
O que vale é ter e não ser.....Bjs....

Garrafettes-Bonecas de Garrafas by Gorette disse...

Eme, te respondí semana passada, mas como sou tionga(tonta}se fala assim no Goiás, faiô o coments.
A situação é o seguinte: Excesso de ilusão, é o que o governo, de coluio c/ a mídia, estão fazendo c/ a população:passando uma vida falsa de luxo e glamour, as jovens acham que a vida é a malhação, até os adultos.
Não há interesse de se responsabilizar niguém, principalmente o governo,então é de interesse dele uma população ignorante e iludida c/ sexo, bebida, e agora as drogas(porque se entorpecendo não vemos a nossa vida real, sem falta de holofotes.
O que vale é ter e não ser.....Bjs....